JAH PRAYZAH

CONHECE O MUSOJA

Jah Prayzah, popularmente conhecido pelos fãs e meios de comunicação como "Musoja" (palavra Shona para “soldado”), devido à sua forma característica de vestir, usando uniforme militar, é um músico contemporâneo do Zimbabwe e membro principal da banda Third Generation. Seu nome artístico Jah Prayzah vem do seu nome original Mukudzei (que significa “louvar”). Em 2017, Jah Prayzah fará a sua estreia no programa Coke Studio Africa ao lado do artista Moçambicano, Mr. Bow.

CONQUISTANDO PRÉMIOS

Jah lançou sete álbuns comerciais, incluindo Sungano, Rudo neRunyararo, Ngwarira Kuparara, Tsviriyo, Kumbumura Mhute e Mdhara Vachauya. Seus singles de sucesso incluem “Gotchi”, “Maria” e “Dande”. “Ngwarira Kuparara”, que contou com a participação do falecido Chiwoniso Maraire, foi tão bem-sucedido que resultou num contrato para actuar às quartas-feiras no então espaço de jazz, Jazz 105. O seu sucesso musical continuou a aumentar, uma jornada que o viu ganhar um Prémio NAMA (2013) de Música do Ano, cinco Prémios NAMA e dois Prémios Zima em 2014.

TRAJECTÓRIA

Jah trabalhou com artistas de renome, entre eles o ícone da Tanzania, Diamond no “Watora Mari”, que atingiu 1 milhão de visualizações duas semanas após o lançamento. Em 2015, Jah abriu um novo estúdio e continua a abrir novos caminhos. Em 2016, ele visitou os EUA e o Canadá, onde pôde tocar no Edmonton Folk Festival.

POR TRÁS DA MÚSICA

Jah Prayzah nasceu com o nome de Mukudzeyi Mukombe a 4 de Julho de 1987 em Uzumba, no Zimbabwe. Ele frequentou a Escola Primária Musamhi e mais tarde a Escola Secundária Musamhi em Murehwa, na província do Leste de Mashonaland. Quando era pequeno, ele desenvolveu o seu canto na escola e na igreja, além de tocar a mbira. Sendo o caçula dos 5 filhos, ele sentiu-se mais inspirado a seguir os seus interesses na música e teve a sua primeira experiência em composição de músicas no ensino médio. Ele começou a gravar músicas de dancehall e reggae com os seus amigos, mudando mais tarde para músicas contemporâneas e afro-jazz com o DJ Thando e outros produtores locais. Durante este período, ele lançou singles de sucesso como “Sorry Mama” e “Seiko”.